Pular para o conteúdo principal

Ano Novo Astrológico Chinês 2020 - Ano do Rato de Metal Yang - Geng Zi
Análise de leitura para cada signo em 2020
O ano de 2019 ainda não acabou, mas já estamos a postos para receber 2020 com muita abertura e as expectativas são de renovação em dobro.
Em primeiro lugar, porque um novo ano sempre traz um olhar para que novas possibilidades de mudanças se efetivem, já que nossa compreensão do tempo é linear e nos habituamos a “encaixar” a cadeia de nossos eventos e responsabilidades de acordo com início e término de um determinado período estabelecido, assim, a ocorrência de um novo ano é sem dúvida muito forte e eficiente para reconhecermos essas condições que aceitamos e que nos movimentamos.
Em segundo lugar, porque, segundo a análise da Astrologia Chinesa, encerramos um ciclo de 12 anos estabelecido pela passagem de diferentes energias dadas pela sequência de trânsito anual dos 12 signos representados pelos 12 animais, que sempre se inicia com o Rato e termina com o Javali (Porco). Relembrando, pelo calendário lunar, terminamos em Janeiro próximo, a influência dada pelo Javali de Terra Yin e iniciaremos um novo ciclo energético dos 12 signos com o ponto de partida do Rato de Metal Yang em 2020!
Então, vamos aos fatos observados astrologicamente pelas referências de olhar da Cosmologia Oriental Chinesa, onde a metafísica é a grande protagonista das interpretações analisadas.
Seguramente podemos falar em tendências de movimentos energéticos que são interpretados de acordo com o olhar de cada estudioso das Astrologias Chinesas em vigor, porém, consideramos aqui uma abordagem mais complexa e dinâmica considerada na Escola Zi Ping Ba Zi. Aqui segue uma análise mais técnica e calculada de acordo com a relevância e a importância ancestral dada aos Movimentos do Qi, conhecidos como 5 Elementos da Tradição Chinesa. Seguramente, suas influências em cada signo, em cada aspecto analisado repercute um dado muito particular para cada data de nascimento, porém, vamos analisar especificamente a energia que cada signo traz, a partir de sua primeira relação de linguagem que desdobra em sua primeira relação com o mundo, a mais simples de se perceber e ao mesmo tempo a mais intensa e dinâmica.
É possível fazer uma leitura um pouco mais complexa e abrangente de acordo com os elementos inerentes que os signos, os 12 Animais apresentam na sua estrutura de energia fixa, também chamada de Ramo Terrestre vista em cada um dos signos. No entanto, alguns signos trazem o mesmo elemento para a análise.
A relação da leitura a seguir será feita com o Elemento Metal que o ano do Rato traz para 2020 e o 1º Elemento inerente fixo que cada signo apresenta em sua relação de linguagem com o mundo.
Coelho e Tigre
Para os signos de Coelho e Tigre que são os que trazem o 1º Elemento fixo Madeira no seu Ramo, ou seja, na sua relação de linguagem com o mundo, apresentam em seu movimento de ação a criatividade, e a necessidade de realizar e criar a todo o momento.
Em 2020 - Atenção para não desprender gastos de energia inadequados e sem foco, pois fatores externos poderão desestabilizá-lo, podendo cercear processos criativos e novos olhares que poderiam surgir naturalmente. A sensação de conforto e de realização dependerá de fatores externos, já que Metal é o elemento que pode influenciar e desgastar energeticamente o elemento Madeira dos signos dados, nesse caso, o indivíduo terá em alguns momentos a sensação de obstrução e bloqueio energético a partir dos acontecimentos que virão e poderá se sentir um pouco cansado com seu movimento contínuo de captação e emanação de energia.
Rato e Javali
Para os signos de Rato e Javali, que trazem a Água como 1º Elemento fixo, sentirão o benefício do Elemento Metal do ano de 2020 em vigor, em suas ações no seu cotidiano, sobretudo no aspecto de comunicação e também das suas emoções, pois o Elemento Metal visto na constituição de energia do Rato contribui para a geração do Elemento Água que está na estrutura de energia desses signos.  Para os nativos de Rato em especial, por possuir constituição energética igual do ano em questão, a partir do segundo semestre, sentirão com mais ênfase e sensibilidade todas as ocorrências em sua vida nesse período, tanto as favoráveis como as desafiadoras, pois as energias semelhantes juntas se potencializam e proporcionaram essa condição.
Em 2020 – tendências para acontecimentos no cotidiano e expressões ocorram de forma mais fluídos, mas também mais fortes e intensas, trazendo necessidade de esforço para se realizarem com equilíbrio. A dica é usar seus movimentos ágeis sem agressividade e harmonizar a intensidade das energias que os fatos ocorrem, sem se deixar levar pelas emoções exacerbadas, achando a mediania do sistema.
Serpente e Cavalo
Para os signos que trazem o Fogo como 1º Elemento fixo, como prevalece nos signos de Serpente e Cavalo, a sensação é de necessidade de produzir sempre muita energia para contemplar os acontecimentos do cotidiano nesse ano, pois o Fogo é o elemento que controla o Metal na visão Metafísica Chinesa, dessa forma, quanto mais energia o elemento Metal proporcionar, mais se requer a energia o elemento Fogo para equalizar tanto o sistema global quanto o sistema específico de um organismo, que pode ser referente à área da saúde, do relacionamento, social e profissional, etc.
Em 2020 – É importante equilibrar os impulsos, agir de forma mais racional e direcionada, cuidar para não realizar as perspectivas de forma que o exagero de energia empenhada seja maior que seu limite.
Cabra, Cachorro, Búfalo e Dragão
Para a análise da relação do Elemento fixo Terra que são dos signos de Cabra, Cachorro, Búfalo e Dragão, com o Metal do Rato desse ano vigente, haverá sensações na condução de ações que aparentam a busca de gerenciamento e cuidado com as coisas que ocorrem e também daquilo que já se tem realizado, por outro lado, poder haver excesso de valores em crenças particulares.
Em 2020 – A atenção é para não desenvolver rigidez no seu sistema de conduta e também para movimentos de muito apego e crenças impositivas nos contatos e relações com o mundo, que impedem a flexibilidade e novas referências de olhar.
Galo e Macaco
E finalmente, para os signos de Galo e Macaco, onde encontramos o Elemento Metal fixo, a dinâmica de energia será de intensificada, até fortalecida por assim dizer, por possuir o mesmo padrão de energia do Elemento Metal desse ano. Contudo, aspectos favoráveis e desafiadores entram na jogada dessa sensação de fortalecimento, pois a energia atua sem discriminar entre o que é bom e o que é mau, tarefa que deve ser analisada e sentida pela pessoa para conduzir-se rumo ao que aumenta sua potência de ação no mundo.
Em 2020 – apure sua percepção de modo que reconheça como realizar da melhor maneira suas ações, quais lhe serão as mais benéficas, de modo que também possa oferecer o melhor de si. O trabalho de autoconhecimento é favorecido nesse momento de 2020.
O novo ciclo dos 12 signos da Astrologia Oriental Chinesa
O signo do Rato é o primeiro animal do zodíaco chinês. Os 12 signos do horóscopo chinês representam energias que influenciam energeticamente os anos. Como dissemos anteriormente, há um ciclo energético dos signos que se repete a cada 12 anos, 2019 encerrou um ciclo que foi representado pelo Javali, e em 2020 um novo ciclo se inicia com as características do signo do Rato.
As características que podem se sobressair através da influência deste signo, são o despertar para novas habilidades, o uso mais eficaz da inteligência e do aproveitamento de novas estratégias, já que o Rato é um curioso e um desbravador nato.
Trilhar caminhos mais abertos, buscar atender a curiosidade natural que o ano poderá proporcionar é uma forma eficiente de crescimento e amadurecimento pessoal, aproveite esse momento, formule mais perguntas, analise com mais cuidado as questões que ainda lhe tomam tempo, às vezes é preciso coragem para reconhecer que as respostas a essas questões não são mais tão importantes quanto eram antes, além disso, novas perguntas são sempre interessantes, pois abrem novas possibilidades para olhar novas referências.
No calendário chinês, o rato é o primeiro dos 12 animais que o compõe, dessa forma, pode representar o ano dos começos. Assim, aproveite a tendência energética que direciona para novos começos e inicie algo novo, ou que esteja pensando em realizar. Use esse impulso e concretize sonhos e novas conquistas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Mapa de Quatros Pilares do Destino

O Mapa de Quatro Pilares é um estudo milenar compilado por Mestres e grandes pesquisadores da Astronomia e Astrologia, baseado na referência Oriental Chinesa.
Os 4 Pilares da vida estão apresentados no Ano, Mês, Dia e Hora de nascimento, e traz informações relacionadas a influências cosmológicas que atuam de maneira particular em diferentes épocas da vida, do nascimento, o momento atual até o fim da vida, oferecendo previsão de ocorrências e indicando a melhor maneira de passar por elas.
A principal informação que temos é sobre a constituição energética individual, avaliando possíveis desequilíbrios, falta ou excesso de energia em uma determinada estrutura da vida. Possibilita ainda saber se há alguma debilidade orgânica, avaliando a parte física. Avalia se há algum desequilíbrio emocional ou bloqueios que impedem o desenvolvimento do ser humano de forma integral, reavaliando seus potenciais, a saúde, relacionamento, produção com enfoque na área profissional, prosperidade e os talentos.

I Ching

Você sabia que o I Ching usado como oráculo é desenvolvido e interpretado a partir dos textos do Livro do I Ching, também conhecido como Livro das Mutações. O livro traz um dos mais antigos textos chineses que chegaram até nossos dias. Pode ser compreendido e estudado tanto como um oráculo quanto como um livro de sabedoria.
A consulta ao I Ching é realizada com uma meditação prévia, o ritual, e a formulação precisa da pergunta são importantes para um bom atendimento e uma boa interpretação de quem procura a resposta.
Para atendimentos e sessões com I Ching, agende em contato: adrianadilima.com

Previsões da Astrologia Chinesa para 2019: O Ano do Porco

Em 2019, o ano do Porco, vamos entrar em um final de ciclo no Zodíaco do calendário
chinês. Todos os 12 signos já prevaleceram em seus anos. Iniciou com o signo do Rato e
se encerra em 2019 com o signo do Javali, também conhecido popularmente como Porco.
Dessa forma, estamos em um momento de transição importante e sensível, pois será o
fechamento daquilo que se passou, momento oportuno para finalizar projetos e aguardar
2020 para iniciar outros.
Saiba Mais